E quando o tratamento não dá certo?

      Já falei aqui com vocês sobre como podemos nos preparar para um tratamento de fertilidade, mas hoje queria falar sobre como enfrentar a situação se o tratamento não teve sucesso.

mulher-triste-raiva-danuza-leao-claudia

Acho que a maior barreira a se enfrentar é conseguir lidar com nossos próprios sentimentos, decepção, tristeza, desânimo, sensação de incapacidade e até revolta. Por mais que a gente se prepare para um tratamento, por mais que se saiba quais são as chances de sucesso, é nesse chance que a gente se agarra, com todas as forças. Por mais que se saiba que não pode dar certo, é muito difícil pensar nessa possibilidade e mais ainda encará-la. Recentemente tive algumas pessoas próximas que passaram por isso, acho que é isso que me motivou a escrever sobre esse assunto.

Depois da decepção é hora de ‘juntar os caquinhos’, respirar fundo e parar para pensar. O que pode ajudar e não fugir, enfrentar tudo isso, tire seu momento para chorar, colocar para fora tudo isso, depois é o momento de dar um tempo para cabeça, tentem fazer alguma coisa para isso, um cinema, uma viagem, assistir uma comédia no DVD ou na TV, uma boa caminhada ao ar livre, enfim alguma coisa que ajude a aliviar as tensões e os pensamentos. Acho que só depois que a gente esfria a cabeça e se equilibra de novo, é o momento de voltar a pensar no que fazer a seguir.

tumblr_l9xainBk3g1qd97nlDesistir não acho que seja uma possibilidade, é hora do casal sentar com seu médico e conversar para tentar entender o que aconteceu e o que fazer agora, o que fazer para aumentar as chances de sucesso numa próxima tentativa.

Mas se você não está conseguindo lidar com tudo isso, meu conselho é procurar ajuda psicológica, e isso não é atestado de incapacidade não. A ajuda psicológica deveria ser pré-requisito, a meu ver, para um bom tratamento de fertilidade, pois estar bem emocionalmente é um dos alicerces de toda essa situação.

 Ale-Nunes-150x1502

Alê Nunes, mãe e blogueira

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>