Anticoncepcionais e fertilidade

Muitas pacientes acham que o uso prolongado das pílulas anticoncepcionais levam a dificuldade para engravidar. Porém, tenho uma boa notícia para as aquelas que estão nessa situação: a pílula não prejudica e tampouco prolonga a fertilidade na mulher, conforme dizem alguns mitos. O que acontece é que muitas mulheres tomam o medicamento regularmente durante o período fértil da vida e, quando decidem parar, já se encontram em uma idade que não é favorável às funções reprodutivas ou descobrem que possuem doenças que causam a infertilidade.

1

É muito importante que a mulher fique atenta à idade em que pretende engravidar. Por desconhecer seus potenciais reprodutivos e por acreditar cegamente nos avanços da medicina, as mulheres acreditam que podem engravidar a qualquer momento. Esse é um deslize que pode trazer algumas frustrações futuramente. Como conseqüência do avanço da idade biológica, algumas mulheres acabam descobrindo que sua reserva de óvulos se esgotou, ou que suas células já não tem qualidade o suficiente para gerar embriões saudáveis.

Portanto, é importante entender que o uso de anticoncepcionais apenas bloqueia o ciclo menstrual, no entanto, o declínio da fertilidade, com o tempo, acontece naturalmente. É aconselhável que as mulheres planejem a gravidez levando em consideração a sua idade e procurem fazer alguns exames que possam mostrar a situação do seu sistema reprodutivo. Dessa forma poderão ter uma estimativa de qual são as possibilidades ou até o melhor momento para que consigam engravidar futuramente sem sustos.

  Fernanda Rodrigues

Dra. Fernanda Rodrigues, especialista em reprodução assistida do Grupo Huntington.

Você sabe como funciona o seu ciclo menstrual?

Muitas mulheres não entendem muito bem como funciona o seu ciclo menstrual, o que é muito importante para quem está nas tentavas para engravidar. Conhecendo seu próprio ciclo, além de ajudar a definir os melhores dias para conceber, ainda é possível detectar se há algum indício de problemas que podem dificultar uma futura gravidez.

350px-MenstrualCycle2_pt.svg

O nosso ciclo menstrual começa do 1º dia em que a menstruação chega e vai até o último dia antes da próxima menstruação. Um ciclo normal, em média, tem uma duração entre 28 a 30 dias, e o fluxo menstrual dura entre 3 a 5 dias.

O que determina a quantidade do fluxo é o tamanho do seu útero, a espessura do endométrio (revestimento interno do útero), e os hormônios (estrogênio e progesterona) produzidos pelos ovários. Um ciclo regulado é aquele que não varia mais que 2 ou 3 dias de um mês para outro. Para realizar este controle você pode marcar em qualquer calendário o primeiro dia da sua menstruação e assim controlar a duração do seu ciclo.

O ciclo menstrual é definido pelos hormônios femininos, que funcionam como uma engrenagem perfeita. Quando há um ou mais hormônios com uma produção a mais ou a menos, toda a engrenagem pode passar a ter problemas como alterações na menstruação, falta de ovulação, falta de menstruação, ciclo irregular, etc.

O ciclo pode ser dividido em fases: a fase folicular, onde os folículos estão se formando e fase lútea, período a partir da ovulação. Alguns laboratórios dividem em 3 fases: fase folicular, fase ovulatória, ou pico ovulatório e fase lútea, para identificar melhor a fase mais próxima da ovulação.

A 1a fase do ciclo, a fase folicular, começa no 1o dia da menstruação e vai até o início da fase lútea, ou seja, quando a ovulação acontece. Na fase folicular os folículos, que são como bolsas onde um óvulo se forma, se desenvolvem crescendo até o dia da ovulação, quando um desses folículos se rompe e libera um óvulo. Quando um folículo se rompe, os demais folículos vão murchando, até serem absorvidos pelo organismo. Pode acontecer de mais de um folículo se romper, ou seja, ter mais que um óvulo, mas não é algo que acontece comumente.

Na fase lútea, o endométrio começa a se espessar ainda mais, pela produção hormonal, para que caso aconteça a fecundação, o útero esteja preparado para receber esse óvulo fecundado e um desenvolvimento natural da gestação. Caso à fecundação não aconteça, a menstruação irá aparecer e o endométrio vai se descamar preparando o organismo da mulher para iniciar um novo ciclo.

Se você está tentando engravidar, procure verificar como está seu ciclo e converse sempre com seu médico.

Ale-Nunes-150x150.jpg

 

 

Alê Nunes, mãe e blogueira