Congelamento de óvulos: qual a melhor idade?

Para a mulher que pensa em engravidar tardiamente, é imprescindível que tome algumas precauções. Uma delas pode ser o congelamento de óvulos, que preserva as características do gameta no momento em que ele foi congelado. Mas qual a idade ideal para o congelar? Não existe um limite máximo, mas o ideal é que o congelamento dos óvulos seja feito até os 35 anos, idade em que os óvulos sofrem uma considerável queda em quantidade e qualidade.

Congelamento de óvulos_Dr.Rafael

Dr. Rafael Lacordia

Rafael Lacordia_3

Publicação no Reproductive BioMedicine Online (RBM Online), com participação das clínicas do Grupo.

 

Foi publicado no periódico Reproductive BioMedicine Online (RBM Online) o estudo “Identificação de prioridades de pesquisa em infertilidade e reprodução assistida: um estudo internacional, multicêntrico”. O trabalho, feito por médicos e equipe de enfermagem do Grupo Huntington, teve o intuito de identificar as prioridades de pesquisa na área de infertilidade e reprodução assistida sob o ponto de vista dos pacientes. Parabenizamos toda equipe que colaborou para a realização desse trabalho.
#huntingtonteam #medicinareprodutiva #reproducaoassistida #fertilidade #infertilidade #conhecimento

Para visualizar à publicação completa clique nas imagens para ampliá-las.

Página 1

Página 2Página 3Página 4

Página 5Página 6Página 7

Videolaparoscopia

A videolaparoscopia ginecológica é uma cirurgia que tem como objetivo diagnosticar e tratar doenças que acometem a região abdominal. A operação é realizada em ambiente hospitalar, por meio da introdução de uma pequena câmera através da cavidade pélvica, sem a necessidade de grandes cortes externos na pele. Pode ser utilizada para fins diagnósticos (endometriose, tumores, gestação ectópica, etc) ou para tratamentos (como lesões, retiradas de miomas, entre outros).

Quer saber mais? Acesse o nosso site huntington.com.br

Videolaparoscopia

Dra. Fernanda Rodrigues

Fernanda Rodrigues

Trombofilias

O que é trombofilia? É um grupo de doenças onde existe um desequilíbrio entre a coagulação e a fibrinólise, ampliando o risco de trombose. Diversas mutações podem causar o desenvolvimento de pequenos trombos nos vasos da placenta, causando assim o abortamento.
Por isso, é preciso acompanhamento do caso com um especialista.

Trombofilias_Dr.Gustavo

Dr. Gustavo Teles

Gustavo Teles